domingo, novembro 07, 2010

O poder do auto conhecimento.

Todos nós enfrentamos novos desafios a cada dia.

Eu, especialmente neste ano de 2010, tenho enfrentado uma tempestade de mudanças.

Sem julgamento de valor, tem sido complicado. Sair da zona de conforto não é fácil! E, cá entre nós, eu estava tão confortável e acomodado que nem abrir os olhos eu queria. Preguiça...

Tenho preguiça de muitas coisas mas ultimamente estou ficando inquieto. Não só com minhas próprias perguntas, mas nas atitudes. Todas as atitudes. Minha... sua...

Eu estava precisando mudar minha vida. Estou precisando! O fato é que estou ficando velho, e nesse ponto o risco de tal mudança tem que ser calculado... muito bem calculado! Não dá pra arriscar com alta possibilidade de fracasso.

Pra isso não acontecer, tenho estudado. Tenho me estudado e estudado tudo a minha volta com muito cuidado.

Tenho praticado. Pratica leva a perfeição. A pratica da paciência leva a que mesmo? Acho que nos últimos dois anos meu nível de tolerância aumentou significativamente. Não sei até onde isso vai me levar ou mesmo se é bom ou ruim. Pra manter um nível sociável adequado, eu preciso suportar algumas coisas. Muitas coisas na verdade. Isso cansa!

O cansaço me leva a buscar uma fuga. Hoje, enquanto praticava minha corrida, pensei que fugas são necessárias. É muito bom sair e analisar a situação longe do calor da batalha diária. Voltar mais forte. Com soluções. Ou ao menos com fôlego pra continuar lutando.

Isso me tira um pouco o sono. Lutar sem saber onde chegar.

Força pra destruir e construir o novo. Força pra suportar o momento. Administrar o insuportável. Conhecer. Voltar a viver, consciente. Analítico. Sábio. Soberano.

Um comentário:

AnaHell disse...

Novos horizontes são necessários para que mantenhamos o mínimo de nossa sanidade. Bonito texto, parabéns!