domingo, julho 30, 2006

Recado musical # 01 - Show me how to live

Nó moçada, por muitas vezes eu tenho vontade de falar muita coisa pra muita gente. Sem recados diretos ou indiretos. Esqueça disso. Não escrevo aqui só pra você. Escrevo que todos. Sem rosto. Anônimos!
Pra quem não sabe, gosto muito de música. Muito mesmo! Tipo, eu ouço mais música que vejo TV. Raramente ouço rádio. Procuro ouvir a música que gosto e estou sempre freqüentando lugares que tocam músicas que gosto!
Hoje estava pensando em milhões de coisas pra postar aqui no blog e, como de costume, ouvindo um som. Como não tinha nada muito específico pra colocar aqui. Nada que precisava falar com certa urgência, fúria ou desabafo. Preferi colocar uma música. Cada música dá seu recado. Essa aí traz meu recado de hoje!
“Você me deu vida, agora mostre-me como viver!”
Leiam atentamente.
Ouça no volume máximo!
Cante!


Show Me How To Live
Audioslave
And with the early morning dawns

Moving right along
I couldn't buy an eye full of sleep
And in the aching night, under satellites
I was not recieved
Built with stolen parts
A telephone in my heart
Someone get me a priest
To put my mind to bed
This ringing in my head
Is this a cure or is this a disease?
Nail in my hand

From my Creator
You gave me life
Now show me how to live
And in the after birth
On the quiet Earth
Let the stains remind you
You thought you made a man
You better think again
Before my role defines you
And in your waiting hands
I will land
And roll out of my skin
And in your finals hours I will stand
Ready to begin

Um comentário:

Daniel Limalab disse...

fala, irmão !
tem horas que é isso mesmo... ficamos sem palavras diante daquilo que é dito por alguns de nosso profetas...vedder, cornell, lennon, etc...
o rock é nossa bíblia... é muito claro e real pra nós e nossa geração...
ah, se mais gente pudesse ouvir estas mensagens que ouvimos e internalizamos...
temos que fazer isso mesmo...evangelizar...
vou então mandar a frase na qual tenho mais pensado ultimamente, parte da música "inside job" da última obra pearljamniana:

how i choose to feel is how i am

( eu sou aquilo que escolho sentir )

abraço .

inté mar logo